Fale com nossa equipe

A observação dos jogadores de futebol na base

Por: Diogo Runa

Postado

-

Atualizado em

O futebol é um meio de lazer e recreação para muitos jovens. Mas, para outros, o futebol é uma opção de carreira. Dessa forma, os treinos precisam ir ao encontro das respectivas categorias/idades dos atletas, desenvolvendo alguns aspectos específicos do jogador. Assim sendo, a observação dos jogadores de futebol precisa valorizar diferentes características consoante a cada faixa etária, visando sempre ser o mais assertivo possível.

Como fazer a observação dos jogadores de futebol em cada faixa etária?

Dos 5 aos 9 anos

Nas categorias mais jovens, ou seja, na fase da iniciação e lúdica, normalmente entre os 5 e 9 anos, é fundamental avaliarmos a sua relação com bola e, sobretudo, a sua paixão pelo jogo de futebol. Em outras palavras, tentar perceber se o menino está lá por amor ao esporte, ou apenas pelos amigos, se foi por influência dos pais, etc.

Dos 10 aos 13 anos

Numa outra fase, entre os 10 e os 13 anos, teremos de observar outros aspectos, como a técnica individual, na qual podemos englobar a qualidade do passe (curto, longo, vertical…), recepção, drible, remate, condução de bola, entre muitos outros aspectos. Também é importante analisarmos a coordenação motora do jogador, até porque, quanto mais evoluída for a coordenação motora, mais os atletas podem realizar as jogadas estratégicas e com velocidade. Além disso, a criatividade do jogador também é um fator essencial a observar em jogadores destas idades.

Dos 14 aos 15 anos

Entrando na fase da observação de jogadores entre os 14 e 15 anos, começamos a identificar mais a qualidade na execução da tarefa numa posição específica. Isso nas idades mais jovens se torna um pouco mais difícil, pois os jogadores geralmente não têm uma posição definida e experimentam um pouco de todas as posições nos primeiros anos de formação. Aliado ao fato de observarmos o jogador na posição que desempenha, também começamos a dar mais ênfase aos comportamentos táticos do jogador (individual). Essa importância tática acontece, pois, nessa idade, os treinos começarão a ser mais voltados a parte tática. Outros fatores importantes são a execução técnica das ações (se atentar para o uso dos dois pés) e o amadurecimento do jogador, porém este último depende de clube para clube.

Dos 16 aos 17 anos

Na observação de jogadores entre os 16 e 17 anos, juntando ao escrito nas outras fases, acrescentamos alguns pontos. Mas, serão observados também os aspectos psicológicos e sociais, como a atitude competitiva e a personalidade. Em outras palavras, veremos se o jogador “sente” o jogo, se gosta de assumir responsabilidades e de ter bola ou não. Além disso, a boa tomada de decisão deverá ser um dos aspectos a ser valorizado nesta faixa etária.

Categorias Sub-18 e sub-23

Nos escalões sub-18 a sub-23, onde entramos na fase da especialização, o perfil físico terá uma importância acrescida. Isso acontece porque, apesar dos atletas terem diferentes fases de maturação, nestes escalões os jogadores já atingiram o auge da sua maturação.

No futebol profissional, onde cada clube busca os melhores jogadores possíveis para o seu contexto, todas as variáveis (técnico, tático, físicos, sociais e psicológicos) têm de ser considerados. E as observações devem ser o mais completas e abrangentes possíveis. Pode conferir mais sobre esses aspectos aqui.

Os aspectos/características a observar num jogador de futebol em cada faixa etária é um pouco variável de clube para clube. No entanto, estas são algumas das características que considero fundamentais observar nas diferentes faixas etárias

Portanto, o processo de observação de jogadores nos escalões mais jovens, ocorre de mãos dadas com o processo do treino.


Contato do Autor
E-mail: diogorunafutebol@gmail.com
WhatsApp: +351 961082732

Imagens
Fonte: pixabay.com

Gostou dos conteúdos do Ciência da Bola? Deixe seu e-mail e lhe enviaremos mais.


Deixe seu comentário